Domingo, 8 de Junho de 2008

Divulgação do Poster e do Relatório

A pedido das Cidades Criativas, aqui divulgamos o nosso Poster e Relatório entregues no dia 29 como apresentação final do Projecto " Protecção dos Animais".

Esperemos que o nosso trabalho tenha conquistado as pessoas e que futuramente outros jovens 'peguem' nesta causa de defesa dos nossos amigos e a levem para a frente, mostrando a todos o quão importante é o carinho e respeito pelos animais.

Um muito obrigado a todos....

 

 

publicado por Proteccao dos Animais às 21:40
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Junho de 2008

A História do Lucky

Desde criança que sempre quis ter um cão. Fui crescendo e a vontade continuou sempre a mesma. Até aos 17 anos esse meu desejo ainda não se tinha concretizado, porque como vivo num apartamento e gostava de ter um cão de porte médio/grande, as condições não eram as necessárias para um animal dessa envergadura e a disponibilidade para ir com ele a rua quando fosse preciso também não era muita.

Esta vontade nunca desapareceu, e este ano como vos temos vindo a dizer, desenvolvemos um projecto, no âmbito da disciplina de A.P, com o intuito de reconstruir o canil de Setúbal e assim iríamos ter mais contacto com os animais da nossa cidade.

O nosso primeiro contacto com cães, no âmbito do projecto foi junto ao Lidl de Setúbal onde uma ninhada tinha nascido há pouco tempo. A ninhada quando lá chegamos era constituída por 5 cãezinhos, tendo alguns morrido entretanto ou tendo sido levados. Na ninhada existia uma cadela da qual eu gostei muito e da qual falei à minha mãe, que quando a viu também gostou muito. Falámos com os meus avós que como vivem numa vivenda tinham condições para a ter e eles aceitaram. Quando voltámos dias depois ao local onde eles estavam, já não se encontravam lá, e foi-nos dada a informação que os tinham levado para o canil.

Semanas depois dirigimo-nos ao canil, com a intenção de salvar os 4 restantes da ninhada, pois se não fossem levados do canil num certo prazo eram abatidos.

Quando fomos novamente ao canil era com a intenção de a trazer para casa, mas quando lá chegamos já lá não estavam e foi-nos dada a informação que tinham sido todos adoptados. O meu desejo estava prestes a realizar-se mas ela já lá não estava. Fiquei triste, e então como tinha a aprovação de todos para trazer um cão, a minha mãe disse-me para ver se não estava outro animal no canil que eu gostasse de trazer. Andamos a ver e encontramos cães bebés muito bonitos, e foi ai que encontrei o meu Lucky. Tinha cerca de 2 meses, cheirava muito mal devido ao cheiro fétido do canil e estava faminto. Foi para casa dos meus avós, e a minha mãe ia lá praticamente todos os dias vê-lo e eu ia quando podia devido à escola.

Foi crescendo e tornou-se um traquina, muito sociável e esta agora com 5 meses. Tenho pena de não puder estar mais tempo com ele, mas agora que as férias se aproximam já terei mais tempo disponível. Está numa fase muito brincalhona e é muito bonito. Finalmente o meu desejo concretizou-se!!

 

                                                                  Mara (membro do grupo)

 

Deixo-vos aqui umas fotos para ver como ele é, agora já um bocadinho mais velho que aqui:

 

 

                              

 

 

                              

 

 

 

 

publicado por Proteccao dos Animais às 23:22
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Maio de 2008

Visita do DoggyClube

Como já sabem o nosso trabalho é sobre a reconstrução do canil municipal, e como tal queremos não só reconstrui-lo mas também divulga-lo. Desta forma queríamos que o nosso trabalho tivesse uma vertente mais directamente ligada entre as pessoas e os animais. Procuramos quem nos pudesse ajudar, até que o Sr. Pedro Araújo do DoggyClube prontificou-se a ajudar-nos. E foi através desta ajuda que se preparou uma actividade na nossa escola que consistia numa demonstração de como os cães são treinados para o dia-a-dia e para competição e também como os podemos estimula-los. Assim constrói-se uma relação entre dono-animal que muitas vezes duram uma vida o que é óptimo especialmente nos casos em que o dono tem algum tipo de deficiência. Noutros casos são estes pequenos animais que nos resgatam de incêndios e naufragios, e tudo isso requer treinos específicos. Após toda a preparação do trabalho decidimos em conjunto com o Sr. Pedro Araújo e a sua colega dividir a apresentação em duas partes.

Na primeira parte eles falavam um pouco sobre as actividades do DoggyClube e explicavam-nos um pouco sobre o treino de animais… (algumas imagens)

 

(breve introdução do grupo)

(Sr. Pedro Araújo e a sua colega. Breve introdução sobre o DoggyClube e o trabalho lá desenvolvido)

 

 

(A nossa turma)

 

Na segunda parte da apresentação, e mesmo com o tempo contra nós pois estava a chover… Conseguiu-se fazer a demonstração no exterior!‼

Algumas fotos... 

 

(O Sr.. Pedro Araújo e o cão Tejo)

(Alguns comportamentos que são executados pelo cão, neste caso o cão foi treinado para acompanhar o dono junto a si)

(As várias recompensas que podem ser dadas aos cães após o treino, neste caso foi um brinquedo)

(Alguns colegas nossos que começaram a envolverem-se no trabalho, e a brincarem também com o cão)

(Outro tipo de treino que eles recebem é de terem de executar um percurso parando ou não quando o dono quer e deslocarem-se para onde o dono quer)

(Uma brincadeira com discos)

(Alguns alunos de outras turmas que passavam no pátio e posteriormente vieram-se  juntar a nós)

(O nosso grupo, os animais, o Sr. Pedro Araújo e a sua colega)

(E por fim, o Sr. Pedro Araújo, a sua colega, os animais, o nosso grupo, a nossa professora de Área de Projecto, Fátima Campos, e a nossa professora de Português, Carla Ramalho.)

 

No final da apresentação concluímos que a turma gostou da apresentação, uma vez que várias pessoas fizeram perguntas, outras brincaram com os cães, etc. Para nós foi muito bom tanto para o nosso trabalho como também para desenvolvimento dos nossos conhecimentos. Todos podemos ver que um animal requer muito mais do que ir á rua, comer e dormir, ele precisa de estímulos, de carinho, e de recompensas tal como nós, sem estímulos, sem recompensas e sem apoio é nos impossível chegar a onde quer que seja. Eles não diferem muito de nós e têm as mesmas necessidades que nos e devem ser tratados e respeitados com essa igualdade. Na nossa opinião foi bastante gratificante a vinda do Sr. Pedro á nossa escola e que graças á ele, á nossa turma e também á nossa professora a apresentação não poderia ter sido melhor. Obrigada a todos pela participação no nosso trabalho!

publicado por Proteccao dos Animais às 23:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

Exposição na Biblioteca da Escola

No passado dia 26 de Fevereiro realizámos uma das nossas primeiras exposições na biblioteca da nossa escola( Escola Secundária de Bocage, Setúbal).

A exposição tratava de variados assuntos acerca dos nossos 'amigos animais'  e de tudo o que os rodeia. Eram abordados temas, como a integração dos animais na sociedade, a ajuda que nos dão na área da saúde (animais terapêuticos), quais os seus Direitos e ainda de como são tratados no canil da nossa cidade.

Apesar de ter sido apenas mais um 'pequeno' projecto do trabalho, este foi bastante importante para todo o grupo e concerteza para outros jovens da escola que foram explorar a exposição, passando a conhecer mais do Mundo dos nossos 'companheiros' .

 

 

Aqui ficam algumas fotos...

 

 

 

      

            

    

 

 

 

 

                                                                                       Até Breve...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Proteccao dos Animais às 20:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Visita ao canil (dia 13.02.08)

Na passada quarta-feira, dia 13 de Fevereiro realizámos uma 2ª visita ao canil, na qual presenciámos que as condições deste eram degradantes. Este é um lugar escuro, deprimente e pouco asseado. As celas são minúsculas, para muitos dos animais, alguns deles doentes permanecendo à espera de serem eutanasiados . 

Dos animais que vimos, muitos deles demonstraram muito medo com a nossa presença e outros deliciaram-se à espera que os levássemos daquele lugar .

Ficámos chocadas ao ver que o número de animais abandonados aumentou, fazendo com que os lugares livres do canil escasseiem, levando consequentemente ao aumento  do número de animais eutanasiados.

Independentemente destas condições, as pessoas que são responsáveis pelo canil tentam fazer o que podem por estes animais, mas sozinhos e sem ajuda não o vão conseguir. Temos assim o exemplo que o canil não é renovado à mais de 20 anos e que entretanto já foi enviada uma proposta  para a Câmara Municipal de Setúbal onde sugeria uma nova construção do canil onde tivesse presente as seguintes condições:                  

      Bloco A:

· Entrada Principal
· Área de Serviço;
· Sala de Espera, com wc’s
· Sala de atendimento
· Escritórios
 
Bloco B:
· Entrada secundária
· Zona de viaturas, para fazer a descarga de animais
· Sala de quarentena, com celas circulatórias
· Forno crematório e câmara congelamento
· Sala de condutas de aquecimento
· Zona reservada para rações e outros materiais
 
Bloco C:
· Veterinário
· Banhos e tosquias
 
Bloco D:
· Celas para cães
· Zona de adopção
· Zona livre (diversão)
 
 Bloco E:
· Celas para gatos
· Zona de adopção
· Zona livre (diversão)
 
 Bloco F (bloco extra):
· Para outros animais
Este pedido nunca foi respondido.
Por isso, cabe-nos a nós ajudar estes animais doando-lhes rações,mantas, não os abandonando e tratando-os bem....
publicado por Proteccao dos Animais às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Declaração Universal dos Direitos dos Animais

No nosso projecto o acarinhamento e o respeito aos animais é o mais importante. Como tal, deixa-mos aqui uma pequena informação do que lhes pertence, os seus direitos no Mundo.

A Declaração Universal dos Direitos do Animal foi proclamada na UNESCO em 15 de Outubro de 1978

  

Artigo1º
Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.
Artigo 2º
Todo o animal tem o direito a ser respeitado.2 - O homem, como espécie animal, não pode exterminar os outros animais ou explorá-los violando esse direito; tem o dever de pôr os seus conhecimentos ao serviço dos animais.3 - Todo o animal tem o direito à atenção, aos cuidados e à protecção do homem.
Artigo 3º
Nenhum animal será submetido nem a maus tratos nem a actos cruéis.2 - Se for necessário matar um animal, ele deve de ser morto instantaneamente, sem dor e de modo a não provocar-lhe angústia.
Artigo 4º
Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático e tem o direito de se reproduzir.1 - Toda a privação de liberdade, mesmo que tenha fins educativos, é contrária a este direito.
Artigo 5º
Todo o animal pertencente a uma espécie que viva tradicionalmente no meio ambiente do homem tem o direito de viver e de crescer ao ritmo e nas condições de vida e de liberdade que são próprias da sua espécie.1 - Toda a modificação deste ritmo ou destas condições que forem impostas pelo homem com fins mercantis é contrária a este direito.
Artigo 6º
Todo o animal que o homem escolheu para seu companheiro tem direito a uma duração de vida conforme a sua longevidade natural.1 - O abandono de um animal é um acto cruel e degradante.
Artigo 7º
Todo o animal de trabalho tem direito a uma limitação razoável de duração e de intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso.
Artigo 8º
A experimentação animal que implique sofrimento físico ou psicológico é incompatível com os direitos do animal, quer se trate de uma experiência médica, científica, comercial ou qualquer que seja a forma de experimentação.1 - As técnicas de substituição devem de ser utilizadas e desenvolvidas.
Artigo 9º
Quando o animal é criado para alimentação, ele deve de ser alimentado, alojado, transportado e morto sem que disso resulte para ele nem ansiedade nem dor.
Artigo 10º
Nenhum animal deve de ser explorado para divertimento do homem.1 - As exibições de animais e os espectáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal.
Artigo 11º
Todo o acto que implique a morte de um animal sem necessidade é um biocídio, isto é um crime contra a vida.
Artigo 12º
Todo o acto que implique a morte de um grande número de animais selvagens é um genocídio, isto é, um crime contra a espécie.1 - A poluição e a destruição do ambiente natural conduzem ao genocídio.
Artigo 13º
O animal morto deve de ser tratado com respeito.1 - As cenas de violência de que os animais são vítimas devem de ser interditas no cinema e na televisão, salvo se elas tiverem por fim demonstrar um atentado aos direitos do animal.
Artigo 14º
Os organismos de protecção e de salvaguarda dos animais devem estar representados a nível governamental.1 - Os direitos do animal devem ser defendidos pela lei como os direitos do homem.

 

publicado por Proteccao dos Animais às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O Canil....

Recentemente encontrámos uma notícia referente ao actual Canil de Setúbal. Apesar desta já ser um pouco antiga, mostra como a situação de abandono de animais na nossa cidade é cada vez mais grave e crítica. 

Decidimos então partilhá-la  no nosso blog, para que todos possam ver a ajuda que estes animais necessitam da nossa parte.

 

Esperemos que tenha sido apelativo, e comentem....

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Proteccao dos Animais às 18:22
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

"Adopta-me"

Nesta terça-feira passada publicámos oficialmente na nossa escola um placar de adopção de animais que neste momento se encontram no canil municipal para abate.

Todos os interessados, contactem-nos para que a adopção se realize o mais rapidamente possível e estes bichinhos não tenham de ter um final tão trágico. Este placar serve não só para adoptar, mas também para alertar do que se passa na nossa cidade.

Todas as semanas este placar irá ser actualizado com novas fotos de animais para adopção.

Neste âmbito, iremos fazer a nossa 2ª visita ao canil municipal e traremos fotografias que posteriormente publicaremos para que todos tenham acesso à informação e finalmente se apercebam da realidade e das condições em que aqueles animais vivem...

 

 

              

 

            

                 

publicado por Proteccao dos Animais às 10:39
link do post | comentar | favorito
|

CCC on the Road

Recentemente a nossa escola foi visitada pelo Sr. José Carlos Mota, responsável pelo desenvolvimento dos blogs das cidades criativas, onde participámos numa palestra direccionada a todos os participantes no concurso e que consistia em apresentar o nosso trabalho, desde o inicio até agora.

Infelizmente o nosso "powerpoint" não quis funcionar, mas apesar da dificuldade fizemos uma boa apresentação através do nosso blog.

Aproveitámos para expor  as nossas dificuldades ao longo deste trabalho e também como surgiu a ideia de participar no concurso.

Foi uma apresentação bastante interessante, e o Sr. José Carlos Mota ainda nos sugeriu outros lugares de procura e deu-nos também um contacto de uma professora que está em contacto com a câmara municipal.

 

Uma tarde bastante interessante e criativa!!!

 

 

 

 

publicado por Proteccao dos Animais às 10:28
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Visita a uma Associação de Animais

Recentemente visitámos uma associação de animais para conhecer as condições destas e tentar encontrar algo para nos guiarmos no nosso projecto de melhoramento do canil municipal de Setúbal. A nossa tentativa falhou, pois além de não termos sido recebidas não nos deram directamente a localização da associação. Chegámos à conclusão que nestes projectos existem muitos medos por parte das pessoas responsáveis, de que estes locais sejam divulgados e as pessoas levem dali os animais. De qualquer das formas conseguimos encontrar o local e tirámos algumas fotografias (apresentadas em baixo). O estado em que os animais estão é degradante, não existem condições e o que nos chocou mais foram a quantidade de bilhas de gás que havia e a forma como os animais nos receberam pareciam famintos. Também não podemos apenas julgar estas associações pois precisam da colaboração de todos nós e da câmara, pois o seu intuito é ajudar a cuidar dos animais.

 

 

 

 

 

 

 

(fotos que conseguimos obter da associação)

 

publicado por Proteccao dos Animais às 14:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.Nós...

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Divulgação do Poster e do...

. A História do Lucky

. Visita do DoggyClube

. Exposição na Biblioteca d...

. Visita ao canil (dia 13.0...

. Declaração Universal dos ...

. O Canil....

. "Adopta-me"

. CCC on the Road

. Visita a uma Associação d...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas..

Texas Jones Act
Texas Jones Act Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds